23 abril 2007

Colégio Cónego Zagalo/Porto Alexandre (actual Tombwa)



















Em cima: alunos do Colégio Cónego Zagalo, ladeiam o Padre Pinto Lobo ( ao centro, de cabelos brancos e vestido de negro), em dia de festa. Nesta foto reconhecem-se entre outros:
Canuca, Beta, Carlos Raminhos, Sissi, Orieta, Rosa, Toni, Braguinha, Eurico, Milena, M José, Dinho, Caldeira, Gena Parente, Adérito, Abel Marques...

Em baixo: docentes e visitantes ladeiam o Padre Pinto Lobo. Deste grupo, reconhecem-se:
Lourdino Tendinha, Presidente da Câmara daquela cidade, ...prof. Maria Baptista, Lídia Peleira, prof. Albertina, esposa do prof. Pólvora Dias, Lourdes Tendinha (de óculos escuros e carteira na mão), Lourdes Oliveira, o Administrador e esposa, Belarmina... As crianças: Nair (filha de Lídia Peleira) e filho do Pólvora Dias. Para saber mais sobre Porto Alexandre, e suas gentes, recomenda-se vivamente este interessante blog: http://geohistharia.blogspot.com/
Fotos: Sanzalangola: (cedidas por Eloisa)

3 comentários:

Paulo Teixeira disse...

Bom Dia:
Venho por este meio pedir carecidamente a seguinte informação:
Estando neste preciso momento de malas aviadas, para ir trabalhar para o Namibe e tendo exercido até ao momento as funções de professor
em Portugal no grupo 110 ( Professor 1º Ciclo) e 230 ( Matemática e Ciências da Natureza), durante aproximadamente 18 anos e não queria
desligar totalmente do ensino, gostaria de saber se não estão a necessitar de um professor dessa área em regime de part-time ou full-time.
Caso estejam interessados, gostaria de saber como devo proceder para me candidatar, ou se me poderiam dar indicações de organismos que necessitem de professores dessa área.
Gratos pela atenção dispensada,
Cumprimentos
Paulo Teixeira

Paulo Teixeira disse...

Bom Dia:
Venho por este meio pedir carecidamente a seguinte informação:
Estando neste preciso momento de malas aviadas, para ir trabalhar para o Namibe e tendo exercido até ao momento as funções de professor
em Portugal no grupo 110 ( Professor 1º Ciclo) e 230 ( Matemática e Ciências da Natureza), durante aproximadamente 18 anos e não queria
desligar totalmente do ensino, gostaria de saber se não estão a necessitar de um professor dessa área em regime de part-time ou full-time.
Caso estejam interessados, gostaria de saber como devo proceder para me candidatar, ou se me poderiam dar indicações de organismos que necessitem de professores dessa área.
Gratos pela atenção dispensada,
Cumprimentos
Paulo Teixeira

MariaNJardim disse...

Exmo Sr . Na sequência seu pedido, coloquei facebook, como poderá ver a seguir e recebi segts mensagens:

"...Disponho-me a colocar aqui esta mensagem que acabei de receber por via de um dos meus blogs dedicados a Moçâmedes/Namibe, para o caso de interessar.

"....Bom Dia: Venho por este meio pedir carecidamente a seguinte informação: Estando neste preciso momento de malas aviadas, para ir trabalhar para o Namibe e tendo exercido até ao momento as funções de professor em Portugal no grupo 110 ( Professor 1º Ciclo) e 230 ( Matemática e Ciências da Natureza), durante aproximadamente 18 anos e não queria desligar totalmente do ensino, gostaria de saber se não estão a necessitar de um professor dessa área em regime de part-time ou full-time. Caso estejam interessados, gostaria de saber como devo proceder para me candidatar, ou se me poderiam dar indicações de organismos que necessitem de professores dessa área. Gratos pela atenção dispensada, Cumprimentos Paulo Teixeira .-


José Daniel Nunes Dias, José Ascenso, Maisa Tavares e 8 outras pessoas gostam disto.
Ana Júlia Torres Trony Se for angolano nao tem problema pois ha falta ds professores. Sendo estrangeiro tem de ter contrato e visto de trabalho
30/9 às 18:55 · Gosto · 4
Ricardo Lelis O Namibe padece de professores qualificados, se for angolano como disse a Ana Júlia, tem emprego garantido em vários colégios
1/10 às 6:37 · Gosto · 6
Eduarda Sá Se é português não faça as malas sem visto e contrato de trabalho, caso contrário é tempo e dinheiro perdido. Boa sorte.
2/10 às 11:34 · Gosto · 2
Marian Jardim .Irei transmitir estas mensagens ao interessado. Bem haja.
2/10 às 12:54 · Gosto · 2
Bruno Silva Completamente doido esse professor ou então nada sabe sobre o ensino em Angola

Enviar um comentário