01 fevereiro 2008

Gente e Porto Alexandre (décadas de 50 e 60)








foto: Sentadas neste banco de jardim, reconheço, da esq. para a dt:
Eduarda Carvalho, Manuela Costa e América Pisoeiro
Parque Infantil de Porto Alexandre. 1955

2ª foto: Parque Infantil de Porto Alexandre

3ª foto: Grupo de «motoqueiros» alexandrenses da época.

4ª, 5ª e 6ª fotos: Grupo de jovens alexandrenses posam para a posteridade junto aos jardins e pracetas do pequeno burgo de Porto Alexandre. Porto Alexandre, actual Tombwa, poderia bem chamar-se «cidade coragem», cidade conquistada ao deserto, às dunas de areia solta e aos ventos que as faziam mover
arrasando tudo à sua passagem e dificultando a fixação. Foi a persistência, o trabalho árduo e a ajuda das inúmeras de casuarinas que ali tiveram que ser plantadas desde a sua fundação, que permitiram a fixação. Os anos passaram, o milagre deu-se, e Porto Alexandre, nesta altura, até já ostentava os seus jardins com belos caramanchões, bem como os seus tanques e repuxos de água como se pode ver aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário