17 outubro 2010

Maria de Lurdes Pinto, Miss Angola 1972



[Miss+e+damas+1971.jpg]


Se em 1971, foi Riquita (Celmira Bauleth) a menina bonita natural de Moçâmedes que conquistara os títulos de Miss Angola e Miss Portugal, no ano de 1972, a proeza repetira-se com Maria de Lurdes Pinto, uma jovem residente. No concurso para Miss Moçâmedes foram damas de honor as moçamedenses Lídia Ferreira (à esq.) e Paula Turra (à dt.), na 2ª foto. Paula Turra viria a ser eleita nesse mesmo ano, no Japão, miss Jovem Internacional.

Porquê Moçâmedes ? O poema responde:


AS GAROTAS DO MAR

Todos ficaram sabendo
que assim mesmo é que isto é,
contra as garotas do Mar
é remar contra a maré...

Vencemos em toda a linha!
Foi vitória das mais lindas,
pois nós ganhamos a todas,
Preciosas, Caraslindas...

Contra o que muitos pensavam
nós vencemos o despique,
pois entre ondas de beleza
não podemos ir a pique.

Que as moças iam vencer
era aqui por nós sabido,
pois o Namibe jamais
em beleza foi vencido!

Ninguém nos pode tirar,
cá nesta terra angolana
no campeonato das lindas
a posição soberana.

Todos queriam com bairrismo,
do fundo do coração,
neste Concurso famoso,
a bela repetição.

Lurdes tu és segunda
(Riquita foi a primeira)
e as Miragens do Deserto
hão-de indicar a terceira.

Em loucura colectiva,
no momento final,
a alegria sem limites
dominou a Areal.

Muitos cortejos de carros!
Brancos, pretos... Da cama,
homens, mulher's, crianças,
vêm pr'a rua de pijama!

As Welwistchias ajudaram,
com mil palmas prazenteiras,
que deram com frenezi,
as mil palmas das palmeiras!

E o bom Mar que é nosso Amigo,
em vozes portentosas,
bradou logo o mundo inteiro:
-São nossas as mais formosas!

(Poema incluso num prospecto que à época circulou pela cidade. Autor: desconhecid
o)


























 
Lurdes Pinto junto da pista do aeroporto de Moçâmedes, preparando-se para seguir para Luanda a fim de disputar o título de Miss Angola; à dt, a carrinha do RCM.

Nota: Chama-se a atenção para o facto de circularem erradamente,  na Net, estas fotos como se da Miss Portugal 1971, Riquita, se tratasse, e como se deste blog tivesse sido colhida tal informação, dando-lhe os respectivos créditos. De facto para quem não residisse em Moçâmedes, e não conhecesse as misses, tal confusão poderia acontecer. Até porque, quem diria, que em dois anos seguidos haveriam de ser eleitas para miss Angola, duas misses Moçâmedes?

1 comentário:

Mauricio Matos disse...

Quando a Lurdes foi misse Angola 1972
eu:Mauricio Matos,estava em Cabinda no BC11,fiquei muito satisfeito por saber da notícia...pois andamos na escola primária juntos na nossa terra
Sra. da Ribeira-Seixo de Ansiães- Bragança-Portugal.Vizinhos pratica-
mente paredes meias,já passaram uns
anos!...beijos LURDES

Enviar um comentário