21 abril 2012

O ‘INDÍGENA’ AFRICANO E O COLONO ‘EUROPEU’: A CONSTRUÇÃO DA DIFERENÇA POR PROCESSOS LEGAIS1





Muílas e sua cubata. Anos 60. 
 
Muilas assimiladas. Anos 60

UM BOM TEMA PARA DEBATE...


Frase:   

"...Libertar os indígenas da barbárie, transformá-los em seres mais evoluídos ao ensinar-lhes os tempos da modernidade, preenchendo-lhes o seu mundo ‘vazio’ com os saberes da civilização transformou-se no grande objectivo da missão colonial. A moderna colonização justificava-se, nas palavras dos teóricos da ideologia colonial, não apenas pela necessidade de exploração de novos territórios, mas, e principalmente, para que ocorresse “uma acção civilizadora sobre as pessoas”:

In O "indígena" africano e o colono europeu: a construção da diferença por processos legais. Maria Paula G. Meneses. Centro de Estudos Sociais, Universidade de Coimbra


 Visualização rápida

Sem comentários:

Enviar um comentário